MTV sem clipes e o fim do fetiche

Papo-cabeça na hora do almoço levou a uma reflexão interessante: o fim do videoclipe na MTV pode trazer um efeito interessante, arrefecendo os “tipinhos” e os personagens esdrúxulos que muitas bandas criaram só por causa do fetiche da imagem que esta rede de televisão trouxe. Chegou a um ponto que só precisava de um visual diferente, ou de uma atitude estranha (ou de andar sem calcinha propositalmente).

“We watch the shows – we watch the stars
On videos for hours and hours
We hardly need to use our ears
How music changes through the years”

Não que a Internet descarte completamente o fetiche pelo visual. A banda larga já fez surgirem fenômenos de audiência como o YouTube. Mas lá, além do apelo visual, o cara tem que ter o mínimo de competência musical. Afinal, não necessariamente há uma megaindústria por trás do cidadão, que o coloca em todas as paradas e outdoors até que você o engula.

Esse post merece trilha sonora. Queen, Radio Gaga (ouça ao lado).
Have a nice time using your ears. ;)

Anúncios

2 comentários sobre “MTV sem clipes e o fim do fetiche

  1. Ah Madu…dar umazinha na praia vai ficar muito mais pop daqui pra frente! E já pensou na infinidade de bandinhas emo que vão surgir? Aaaaffeeee! Blergh!
    Beijo!

  2. Pingback: MTV desiste de TV colaborativa « Clico, logo existo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s