Indecência ou “façam seu trabalho”

Arbitrar sobre o próprio merecimento é sempre algo complicado. Quando a questão é salário, e de políticos, pior ainda. De qualquer maneira, a reação mais comum que se ouve sobre o aumento dos parlamentares para R$ 24.500 é de indignação, não só pelo arbítrio em favor próprio, mas pela ordem de grandeza do valor.

Creio ser válido traçar outro raciocínio. Cabe a pergunta: é mesmo muito para alguém que tem sob sua responsabilidade a direção de um país, em conjunto com outros colegas, ganhar R$ 24.500? O problema é o quanto eles ganham, ou será o quanto eles fazem?

Talvez a questão seja um parlamentar fazer por merecer um salário de R$ 24.500. Eu me sentiria honrado por viver em um país em que as coisas funcionassem, pagas pelo meu imposto. E não me importaria em arbítrios em favor próprio, quando o de todo o resto da população já estivesse atendido.

Em tempo: em um impulso de iluminação, o STF suspendeu o auto-aumento do Ministério Público.

Anúncios

2 comentários sobre “Indecência ou “façam seu trabalho”

  1. Opinião polêmica, hein Madu? Prepare o escudo!
    Enquanto o aumento pra eles é de quase 100%, qual foi o aumento do salário mínimo?
    Beijo!

  2. É revoltante neh….

    Eu acho que a Multiletras Comunicação deveria aumentar o salario da estagiária deles tbm!!! =]

    Bjoka

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s