Preguiça musical

Essa tirei do perfil do Orkut de um antigo professor, o maluquete Cláudio Tognolli. Impagável…

“Nos anos 70, gente sem talento tocava ‘cover’. Era como ter um orgasmo com o aparelho sexual que não vos pertence. Hoje esse tipo de escória se chama ‘DJ’: gente preguiçosa, egocêntrica, que parece trazer no rosto, impresso, um atávico pedido para serem chicoteados. DJ é lixo. Hang the DJ, Morrissey notou em 1983. Pensando bem… o Jorjão Borracheiro, agregado lá do apê 172B, virou DJ e melhorou a renda familiar. Sorte a dele.”

Como é que ainda tem gente que idolatra o pós-modernismo???

Anúncios

Um comentário sobre “Preguiça musical

  1. Ah, eu não concordo mesmo. Acho que música só tem dois tipos: a boa, e a ruim. E tem muito DJ ruim mesmo, uma vez que o meio eletrônico torna qualquer um sem aptidões manuais prontos para fazer música, há samplers, programas básicos, etc. mas, e mas, há muita gente boa fazendo pesquisa interessante, trabalhar de DJ não é tão simples assim e manter uma pista agitada e bombando a noite toda nem é assim coisa das mais fáceis também. O cara até pode fazer isso só tocando “medalhões”. mas pra quem entende do riscado, sabe que um bom DJ é raro e música eletrônica pode ser tão difícil quanto um bom rock. Cada um a seu tempo, a seu momento. Mas achar que todos os Dj’s são ególatras e devem ser enforcados… vai uma boa distância.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s