Bin Laden, Sérgio Buarque e o Brasil


Essa chegou por e-mail. Semana engraçadinha… mas até na piada dá para refletir. É difícil identificar no Brasil pós-democratização um terrorismo sério, criminalidade com fim último atingir o status-quo, uma quadrilha engajada. No cenário cordial tão bem descrito por Sérgio Buarque de Holanda, o brasileiro-bomba quer levar vantagem neste mundo, não no de Alá. Depois que o “inimigo militar” saiu do governo e o que restou de esquerda parou no século 19, simplesmente não temos mais contra o que lutar. O autor da faixa, temo, vai ter que esperar sentado, apesar da criatividade…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s