Operação Portugal

Esta acabou de chegar por e-mail, de fonte confiável.

“O Meio & Mensagem demitiu na tarde desta segunda-feira (07/05) Costabile Nicoleta, ex-editor-chefe do veículo. Em sua última edição o jornal publicou uma matéria de página dupla sobre a morte de Octavio Frias de Oliveira, ex-publisher da Folha de S. Paulo, e em um box expôs posições favoráveis à ditadura tomadas por ele. Alegando que tal box era dispensável e não deveria ser publicado, a direção do veículo demitiu Nicoleta.

A notícia causou desconforto entre os profissionais da redação, que nutriam respeito por Nicoleta. Eles decidiram realizar uma reunião às 09h desta terça-feira (08/05) para decidir que resposta darão à direção do veículo. Seja uma carta de repúdio, seja uma greve, é certo que os profissionais farão algo para manifestar o descontentamento. A possibilidade de demissões coletivas em protesto, apesar de extrema, não foi descartada.”

O fato me lembrou um trecho do livro “A Ilha”, de Fernando Morais. “Quando perguntei a um influente jornalista cubano se lá existe liberdade de imprensa, ele deu uma gargalhada e respondeu: ‘Claro que não’. E completou, com naturalidade: ‘Liberdade de imprensa é apenas um eufemismo burguês. Só um idiota não é capaz de ver que a imprensa está sempre a serviço de quem detém o poder’.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s