O fim da homepage

Em um mundo em que mais de 50% das pessoas usam buscadores como ponto de partida na navegação para, por exemplo, fazer compras, as homepages gigantes, cheias de conteúdo, estão com os dias contados. Ao menos é o que sugere artigo publicado pela Advertising Age.

Para facilitar a vida de quem planeja um serviço com cara de Web 2.0, a revista eletrônica (cujo artigo achei, sim, “zapeando” pela Web, e não em nenhuma homepage…) sugere quatro dicas de arquitetura:

  • Tornar todo conteúdo “portátil”, via RSS e widgets, para que as pessoas possam interagir com ele em qualquer lugar;
  • Permitir votação em conteúdo e comentários por toda parte;
  • Investir em vídeos online;
  • Pensar do lado de fora do seu site —como buscadores, mídia social, anúncios offline e blogs o relacionam?

Ainda hoje difícil, não? ;-)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s