OhMyNews funda escola de jornalismo cidadão

O site sul-coreano OhMyNews, um dos ícones do jornalismo colaborativo mundial, lançou-se a uma nova frente de trabalho: o ensino de “jornalismo cidadão”, em uma escola que acaba de fundar, no dia 24, a 90 minutos de Seul, em uma escola rural abandonada. O investimento foi de US$ 400 mil —e a iniciativa, bem interessante (via De Repente).

Um dos questionamentos que emergiu em minha cabeça logo que comecei a ouvir falar de mídia colaborativa sempre foi o de que o ensino de jornalismo, como algo necessário à consciência cívica de um cidadão, iria além da universidade, e teria que fazer parte da formação básica de uma pessoa. A ação do OhMyNews vai um pouco neste sentido, mas também faz emergir uma série de questões (algumas delas, já parte de angústias que sempre levei a alunos):

  • Para quê um curso de “jornalismo cidadão”, se existem cursos de “jornalismo”?
  • Jornalismo colaborativo é jornalismo? Se não, é um tipo de jornalismo absolutamente diferente?
  • É o jornalismo que caminha para o fim, como apregoam os “dinossauros”, ou é a carreira de jornalista que vai ganhar direções absolutamente novas?
  • Será que com pessoas cada vez mais conscientes sobre o papel da imprensa, não vai acabar essa história de “jornalista-que-vira-capa-de-revista-de-personalidades”, e a gente vai entender a mídia como “meio” pelo qual todos podemos nos expressar (e, por que não, fazer um dinheirinho com nossos 15 minutos de wikifama)?
  • Quando as empresas de mídia vão se ligar que a Web 2.0 vai fazer com o jornalismo e a publicidade o que os Napsters da vida já fizeram com a música e com o cinema?
  • No meio dessa loucura autoral, como é que vão ficar os conceitos de “direito autoral” e de “credibilidade”?
  • Será que o jornalismo se tornará dever do cidadão comum?

Ainda só consigo apostar nas perguntas… ;-)

Anúncios

2 comentários sobre “OhMyNews funda escola de jornalismo cidadão

  1. Madu, é verdade.
    Surgiram dúvidas logo quando li no OhmyNews.
    O projeto é audacioso, isso ninguém pode negar.
    No blog já até sugeri filiais no Brasil hahahah
    Abraço,

  2. Madu,

    Nestas várias perguntas, a que mais me intriga: (vou falar como alguém da cúpula do Ohmynews) “Se rompemos com a mídia tradicional, decretamos que cada cidadão é um repórter e optamos pela agenda que o mainstream não cobre, 1) Pq queremos amestrar nossos cidadão a se comportar como repórteres de grande mídia? 2) Pq publicamos até relato de jogo com ficha técnica?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s