As aventuras de um micreiro, capítulo 3

O terceiro capítulo foi uma reação aos (então já) irritantes pop-ups, modelo de publicidade absurdamente invasivo que a Internet criou e que consegue ser mais inadequado que as correspondências vendendo cartão de crédito que chegam à sua casa. Apesar dos seis anos que distanciam a publicação original do texto à sua republicação aqui no Clico, logo existo, os pop-ups continuam a irritar internautas. Confira a íntegra:

Era uma vez um internauta que odiava pop-ups. No início, ele até esperava que abrissem, assim poderia ver qual o produto ou serviço que estava sendo vendido.

Mas, depois de um tempo, nem mais esperava as janelinhas aparecerem. Já clicava com o botão direito sobre elas na própria barra de tarefas do sistema e fechava sem dó.

Houve um tempo em que começou a olhar para os pop-ups só para maldizer as empresas anunciantes. Depois arranjou uns programinhas gratuitos na internet que barravam essas janelas pululantes —e irritantes.

Até que um belo de um dia resolveu clicar em um desses pop-ups e escrever para a empresa. Segue o diálogo.

(Observação: como foi travado por e-mail, o diálogo está em forma invertida, inclusive para que você exercite os dedos, desça até o final do texto e venha subindo, até chegar a este ponto novamente. Eu ia colocar aqueles simbolozinhos “>” nas mensagens respondidas, mas poupei um pouco seu trabalho de leitura).

—– Original Message —–
From: Um internauta
To: Empresa pontocom
Sent: Monday, July 1, 2002 8:00 AM
Subject: Re: Fw: Re: Anúncios pop-up

Não tenho alternativa
É isso que você quer dizer, né?
Ou seja, vou pagar a mais de qualquer jeito…
Então viva! Viva o desrespeito ao consumidor!

—– Original Message —–
From: Um internauta
To: Empresa pontocom
Sent: Friday, June 28, 2002 0:58 AM
Subject: Re: Fw: Re: Anúncios pop-up

Você não poderia me passar o e-mail do dono do provedor? Ou então ao menos responder ao meu?

—– Original Message —–
From: Um internauta
To: Empresa pontocom
Sent: Wednesday, June 26, 2002 0:35 AM
Subject: Re: Fw: Re: Anúncios pop-up

Não sei por que reclamo, se essa história de “o cliente tem sempre razão” também é puro marketing. Ninguém entendeu ainda que a internet é diferente da TV. Na TV você fica sentado na frente da tela, inerte, sem atitude. Você só recebe, recebe, recebe. É um entupidor de cabeça aquilo. Não dá tempo de você digerir. Agora, na internet, é o oposto. É você que está no controle, não a “emissora” (os sites, no caso). Dá para ler, reler… ouvir, ouvir de novo… Mas só aquilo que eu quero. Esse poder, que é o que tanto atrai na internet, é o que vocês tiram da gente com essas práticas. O poder de escolha, de decisão, de digestão das coisas. Por que você não me passa o e-mail desse chefão do provedor? Agora quero falar com ele. Ele não veio cheio de gracinha? Passa o e-mail dele para mim, por favor.

—– Original Message —–
From: Empresa pontocom
To: Um internauta
Sent: Tuesday, June 25, 2002 5:12 PM
Subject: Fw: Re: Anúncios pop-up

Caro internauta,
Tomei a liberdade de contatar seu provedor de acesso (descobri-o pelo seu endereço de e-mail) e pedir uma posição sobre o assunto.
Segue a mensagem que me foi repassada. Foi o próprio dono da empresa que respondeu. Espero que esclareça sua dúvida.

Atenciosamente,
Ciclano Barros
Gerente de Marketing
Empresa pontocom

>—– Original Message —–
>From: undisclosed
>To: Empresa pontocom
>Sent: Monday, June 24, 2002 2:12 AM
>Subject: Re: Anúncios pop-up
>
>Barros,
>A reclamação do internauta não
>procede. Nosso modelo de negócios
>é baseado na receita que obtemos
>com assinantes. O que ainda é
>uma vantagem, caso contrário,
>se fôssemos gratuitos, depende
>ríamos ainda mais de pop-ups e
>outros modelos de publicidade.
>Uma alternativa seria fechar o
>conteúdo e aumentar a mensa
>lidade, para depender menos
>de anúncios e basear a receita
>em assinaturas. Para os gratuitos,
>a alternativa seria deixar de ser
>gratuito e passar a cobrar.
>Será que isso seria bom?
>Por que você não pergunta isso
>para esse internauta?
>Estamos à sua disposição para
>qualquer outra dúvida.
>
>Um abraço e obrigado,
>
>Beltrano Lopes Alves
>Country Manager
>Provedor

—– Original Message —–
From: Um internauta
To: Empresa pontocom
Sent: Saturday, June 22, 2002 0:45 AM
Subject: Re: Re: Re: Re: Reclamação

Malcriada sua última mensagem. Mesmo assim, como invoquei pra valer com essa história de pop-up escrevi sim para os sites que visito e têm esse tipo de “espaço publicitário”, como você chamou. Mas o único que se deu ao trabalho de responder mandou uma mensagem assinada por um assistente de suporte, mas que mais parece daqueles robozinhos automáticos de telemarketing. Descobri também durante essa semana que os pop-ups também roubam banda. Isso mesmo, roubam meu dinheiro. Pensa bem: se a página que quero ler demora 10 segundos a mais para abrir por causa do maldito pop-up, paguei 10 segundos a mais de impulsos telefônicos. Ou, se tenho banda larga, gastei alguns kilobytes ou megabytes que podem estourar meu limite no fim do mês. Isso porque já pago para um provedor de acesso e também para a operadora de telefonia. Agora que bateu a crise e deram para inventar pop-ups engraçadinhos, com música, animação e o escambau, eu vou pagar cada vez mais, certo?
Não é meio injusto?

—– Original Message —–
From: Empresa pontocom
To: Um internauta
Sent: Wednesday, June 19, 2002 3:30 PM
Subject: Re: Re: Re: Reclamação

Internauta,
Nossa empresa não tem culpa se os sites que você visita só dispõe desse padrão de publicidade. Queremos comprar espaço publicitário, e este é o espaço que nos vendem. Por que você não reclama com eles?
E, se você quer saber, ganhamos clientes sim. Muita gente visita nossas páginas de comércio eletrônico vinda dos pop-ups. Sinal que você é um dos únicos a que essa estratégia não agrada.

Atenciosamente,
Ciclano Barros
Gerente de Marketing
Empresa pontocom

—– Original Message —–
From: Um internauta
To: Empresa pontocom
Sent: Tuesday, June 18, 2002 11:24 PM
Subject: Re: Re: Reclamação

Caro Ciclano,
Entendo a posição de vocês, mas você há de concordar que sua mensagem absolutamente não respondeu a minha pergunta. Continuei vendo o pop-up de vocês hoje enquanto visitava os sites que costumo visitar. Estou pensando em criar um spam contra os pop-ups, dando como exemplo o de sua empresa. É muito desrespeitoso. É invasivo. É chato. E ainda por cima trava o meu computador, deixa o coitadinho uns dois minutos lendo, lendo… E ver o site que quero ver… nada! Você acha que ganha clientes dessa forma?

—– Original Message —–
From: Empresa pontocom
To: Um internauta
Sent: Monday, June 17, 2002 10:14 AM
Subject: Re: Reclamação

Caro internauta,
Obrigado por entrar em contato conosco.
Nossa estratégia de divulgação é passar aos nossos clientes uma imagem de modernidade, ao aliar nossos produtos e serviços com a internet e a tecnologia.
Mas o marketing pela internet ainda é pouco estudado. Conforme a rede evoluir, certamente seremos capazes de criar meios mais criativos, eficientes e adequados para nossos clientes.
Comprometemo-nos com sua satisfação e estamos trabalhando para isso.

Atenciosamente,
Ciclano Barros
Gerente de Marketing
Empresa pontocom

—– Original Message —–
From: Empresa pontocom
To: Um internauta
Sent: Saturday, June 15, 2002 3:27 PM
Subject: Re: Reclamação

Obrigado por escrever para a Empresa pontocom.
Sua mensagem foi recebida e será respondida o mais rápido possível.
Grato,
Fulano de Almeida
Gerente de Relacionamento
Empresa pontocom

Atenção! Essa é uma mensagem automática. Por isso, não responda.

—– Original Message —–
From: Um internauta
To: Empresa pontocom
Sent: Saturday, June 15, 2002 3:26 PM
Subject: Reclamação

Gostaria de saber qual é o objetivo de uma janela que pula na frente do site que estou visitando e atrapalha a minha navegação. Nunca olho esses anúncios. E, se olho, é para saber qual é a empresa para que vou passar a olhar torto.Vocês não podem inventar nada mais criativo e menos intrusivo?

Um internauta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s