As aventuras de um micreiro, capítulo 7

Penúltima reprodução dos originais publicados na Folha Online, este capítulo de As aventuras de um micreiro fala do estresse gerado em frente ao computador. É a geração ansiedade, tema que também abordei na então coluna Usuário.com. Como John “Maddog” Hall me disse uma fez, “as pessoas esquecem que existe inércia no mundo”. E quem respira tecnologia parece ter riscado esta palavra do dicionário —ainda mais em mercados em desenvolvimento, como o Brasil, onde parece ser necessário gritar ainda mais alto para ultrapassar o volume do buzz do Vale do Silício, de Moutain View, de Redmond ou  Cupertino…

“Nervosinho por natureza. Xingava no trânsito, brigava com portas que emperravam, insultava os eletrodomésticos que pifavam. Com o computador não era diferente.

Entre um tapa e outro no monitor que não parava de assobiar, o micreiro bufava. Era o sistema operacional que travava, o editor que desaparecia com textos, o programa de e-mail que não respondia.

O pior é que ele dependia daquela máquina para trabalhar. Passava horas na frente dela. Estava cada vez mais estressado, perdia o sono com frequência e também tinha dores horríveis nas costas.

Mas um dia as coisas mudaram. Depois de ler uma matéria na internet, voltou para casa com idéias na cabeça. Foi dormir cedo.

Acordou às 5h30 da manhã, três horas antes do habitual. Fez as malas. Foi até o trabalho de bermuda, camiseta e sandália. Pediu as contas.

Vendeu o carro e, no mesmo dia, comprou uma passagem de ônibus. Viajou para o Nordeste. Com algumas reservas que tinha, comprou uma casinha simples. Passou a viver de artesanato.

A ansiedade, o sono e as dores nas costas ficaram em São Paulo.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s