Facebook e a elite branca

Há cerca de dois meses escrevi sobre minhas dúvidas acerca do Facebook. Não que elas tenham passado, mas, pelo contrário, os convites não param de chegar. E o engraçado é que as misses do Orkut ainda não estão no Facebook —será que a “elite branca” andou enjoando do Orkut e migrou para se destacar?

E para continuar a saga “Facebook, você tem cara de árvore”, esta semana a CNet adicionou um quadro ao Buzz Report. “What the hell”, com Brian Cooley, desceu o sarrafo no Facebook —”Se quer ser meu amigo”, diz Cooley, “compre-me um martini num bar verdade.”

Sério: ô site difícil de usar! Usabilidade péssima, arquitetura confusa, visual poluído. Sorte que, em meio a tantos aplicativos inúteis, há coisas bacanas como o Visual Bookshelf, uma rede de leituras que interessa (e muito) a lojas de comércio eletrônico, mas também traz algo útil ao usuário.

Anúncios

2 comentários sobre “Facebook e a elite branca

  1. Madu,

    Foi vc quem detectou que, como não tem insufilme nem carro blindado, o Orkut cairia em desgraça para essa elite.

    E é verdade. O pânico tomou conta das pessoas ao perceberem que o porteiro do prédio delas tá lá todo bonitão no Orkut.

    Agora, me responde uma coisa: alguém sabe usar as redes sociais de verdade? No jornalismo, por exemplo. Será tema de aula em breve, podíamos bater bola sobre o assunto.

    abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s